FEITO BRASIL – COSMÉTICOS ARTESANAIS

Ultimamente ando pesquisando bastante sobre produtos que não testam em animais e também que são produzidos aqui no Brasil, e assim conheci a Feito Brasil, que é uma marca incrível!
Fundada em 2004 por Lana Peron, com a ideia de produzir cosméticos artesanalmente com brasilidade e respeito à vida.

“Existimos com o propósito de fazer do mundo onde estamos um lugar melhor e mais belo, provando que é possível uma empresa ter alma e, ainda assim, existir!” ( – Site Feito Brasil)

Essa marca ganhou meu coração por ser tudo de bom: Valorizam os seres humanos, a sustentabilidade da vida, a cultura do Brasil e o empoderamento da mulher. Ou seja, incrível não é mesmo?

Alem dessa filosofia linda, os produtos são maravilhosos! Vou mostrar alguns fos meus favoritos. Deu dó de usar cada um deles porque eu queria guardar aqueles cheiros pra sempre! Ô coisa gostosa! <3 E as embalagens? Que capricho!

A coleção “Simpática de ver o peso” é amor do início ao fim! Me lembrou o cheirinho da chácara, de grama recém cortada… 🙂 Bom demais! O Néctar de banho é aquele tipo de creminho gostoso, que não fica grudento. Pode ser usado durante ou após o banho, super refrescante, acalma a pele de um jeito que não tem como explicar! Só sentindo mesmo! feito com: Patuá, bacabá, extrato inodoro de arruda, corante vegetal de clorofila e Blend de óleos: Gengibre, Benjoim e Lemongrass.
“Juntos esses óleos dissipam a negatividade, estimulam a coragem, a iniciativa e a determinação, combatendo o pessimismo, a preguiça e pensamentos improdutivos. O Benjoim também apresenta propriedades rejuvenescedoras, que transparecem na beleza e vivacidade da pele, bem como no estímulo a pensamentos mais ativos e otimistas.” ( – Site Feito Brasil)

O Sabonete Vegetal Afrodisíaco é uma delícia, faz uma espuminha boa e o cheiro é muuuuuito mara! Além de deixar a pele super hidratada. Se liga nos ingredientes: Base vegetal de coco de babaçu, óleo de pimenta, extrato seco de andiroba e óleos essenciais de laranja doce, patchouli e vetiver.

Assistam o vídeo da produção dessa linha incrível:

Outro favorito é o Sabonete em barra de Carambola da Coleção Dom Tropical, que é em formato de picolé e tem um cheiro inacreditável de tão bom!Quase morri de dó de usar de tão lindo que era! “Com Base Vegetal e Óleo de Oliva, mantêm a hidratação natural da pele, deixando-a macia, sedosa e perfumada. Irresistível e saborosa fragrância de carambola e esfoliante natural de damasco. Esfoliação moderada.” ( – Site Feito Brasil)

Para conhecer melhor a marca, (clica aqui) e veja o site mais lindo e cheio de produtos maravilhosos e do bem.

Espero que tenham gostado do post de hoje! 😀

Um beijo,

COFFEE SCRUB – COMO FAZER UM ESFOLIANTE NATURAL

Ainda na fase de fazer meus próprios produtos de forma natureba, vim mostrar pra vocês um esfoliante mara, que da para usar no corpo inteiro durante o banho e acabar de vez com aquele aspecto de pele de inverno!

Você vai precisar de:

  • 6 colheres de sopa de óleo de coco
  • 1/2 xícara de açúcar cristal ou mascavo
  • 1/3 xícara de borra de café (ou café moído mesmo)
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem
  • 3 colheres de sopa de canela

Mistura tudo em um recipiente e pronto, só passar no corpo com movimentos circulares, esperar um pouquinho para a pele absorver, hidratar e pronto! 🙂

Espero que tenham curtido mais uma receitinha natureba com ingredientes que temos em casa.

Um beijo,

Shampoo à seco caseiro – Receita natureba

Eu adoro a Yasmin Brunet, e esse dias ela postou um vídeo no canal do YouTube dela, ensinando como fazer um shampoo à seco super natureba e com um cheiro mara, que salva nossa vida nos dias em que acordamos atrasadas, quando estamos na praia ou em qualquer outro momento em que simplesmente não queremos lavar os cabelões, porque todas sabemos que lavar o cabelo todos os dias faz mal pra saúde dos fios.

Eu achei super legal a ideia de eu mesma produzir o meu shampoo à seco, porque além de serem carinhos nas farmácias, muitas vezes não sabemos o que vem na composição. Então, achei super válido eu mesma produzir o meu.

Ah, e as proporções dos ingredientes variam de acordo com a cor do seu cabelo. Se for mais loiro, coloca mais fécula. Mais castanho, mais cacau. Mais ruivo, mais canela. E por aí vai.

Para o meu cabelo, que tem a raíz em um tom mais escuro de loiro e o restante loiro, usei:

  • 1 e 1/2 colher de sopa de fécula de araruta
  • 1 e 1/2 colher de sopa de cacau em pó
  • 1/2 colher de sopa de canela
  • 3 gotas de óleo essencial de alecrim

Mistura tudo em um potinho, de preferência com a tampa furada para melhor aplicação, e pronto! Só passar no cabelo quando precisar! 🙂

Na receita dela, ela usou o óleo essencial de alecrim. Na minha não usei porque o óleo que eu achei custava R$ 70,00. Os óleos essenciais são bem carinhos mesmo. Mas o cheiro ficou gostoso mesmo assim!

Espero que tenham gostado da receitinha natureba de hoje! Me contem o que acharam aqui nos comentários!

Um beijo!

Leite vegetal de coco

Eu adoro leite, se for integral, melhor ainda! Mas depois que eu experimentei o leite de amêndoas e super gostei, decidi da uma chance aos leites vegetais. Acontece que nos supermercados, uma caixinha de leite de amêndoas, não sai por menos de R$ 15,00… E eu não tenho coragem de pagar tudo isso em 200 ml. Pesquisando sobre leites vegetais eu encontrei um workshop que uma nutricionista iria dar e eu decidi fazer. Lá eu aprendi a fazer vários desses leites e o que eu achei mais prático foi o de coco. E eu amei, uso para várias receitas e fica ótimo! Além de ser isento de lactose e uma opção a mais para os vegetarianos. Vou compartilhar aqui com vocês, é moleza.

Ingredientes:

180g de lascas de coco fresco, ou coco ralado natural*

1 litro de água quente

1 colher de chá de essência de baunilha*

Modo de preparo:

Bata no liquidificador o coco e a água quente por um minuto, adicione a essência e bata mais um pouco. Depois é só coar em um pano bem limpinho e guardar em uma garrafinha de vidro com tampa.

Na geladeira, dura uma semana.

Fácil né? Além de ser super nutritivo. E com o que sobrar de coco no paninho, da pra fazer várias receitas. Aí vai da imaginação de cada um. 🙂

Espero que tenham gostado do post. E quem fizer em casa, conta aqui pra mim o que achou!

Assinatura nova