ORGANIZANDO UM CASAMENTO – PARTE I

Ainda não é sobre o meu, mas são dicas que eu quero passar pra vocês. Úteis ou não, porque cada pessoa é uma pessoa e as opiniões tendem a divergir. Mas se eu ainda fosse casar, com certeza gostaria que alguém sentasse do meu ladinho e me falasse tudo isso. Então vamos lá!

Começando pelo ORÇAMENTO, porque não existe festa de casamento sem 1 R$ investido. É imprescindível que você sente para conversar com quem irá te ajudar a pagar pela festa, sejam seus pais, seus familiares, seu noivo, ou você mesma. Tem que existir esse momento para definir o valor inicial, e o valor de emergência, porque sim, emergências acontecem e eu sou a prova viva de alguém que não tinha noção nenhuma de custos de uma festa de casamento e tive que usar o valor de emergência.

Agora já pode ESCOLHER A DATA! Eu quis casar em abril porque teoricamente é um mês mais seco, sem chuvas. Como eu casei na praia, pesquisei muito antes. Mas acontece que choveu, sim, choveu mas foi lindo! Então eu acredito que não vale a pena, por experiência própria, se basear em condições metereológicas e tudo mais. Optem por uma data especial e que faça sentido para o casal. Isso é o mais importante.

Em seguida defina O TIPO DE FESTA. Se vai ser em salão, praia, campo… Se a cerimônia vai ser realizada em igreja ou no mesmo local da recepção. Pergunte sobre as expectativas do seu noivo, afinal, ele vai casar também né? kkkkkk! Hoje está super em alta festas mais intimistas, no jardim de alguma casa, em algum bistrô charmosinho… Se o orçamento está curto, fica a dica.

Depois de definir o tipo de festa, é hora de fazer o primeiro RASCUNHO DE CONVIDADOS. É bem complicado e delicado, porque sempre vai existir aquela pessoa que você não sabe se convida ou não, aquela pessoa que você sabe que não vai comparecer… Enfim, coloque todas as pessoas que o seu coração mandar, e o mais importante, que faça sentido para os noivos.

E agora… Contratar ou não CONTRATAR CERIMONIALISTA OU ASSESSORA? Se eu fosse casar hoje, não contrataria para o acompanhamento completo. Contrataria somente para o dia, mas pesquisaria MUITO antes. Só pegaria uma cerimonialista que eu conhecesse, ou que tivesse feito o casamento de alguma amiga muito próxima. Sabe porque? O local eu achei sozinha e a maior parte dos fornecedores também. Então acredito que você também consegue.

Defina o LOCAL. Tem tanto lugar lindo… Queria casar mais vezes com o Dudu pra poder festar em lugares diferentes! kkkk! E esse papo de organizar com um ano de antecedência é sério tá? Os lugares mais legais realmente tem as agendas apertadíssimas. Se liguem nisso!

Agora é a hora das REFERÊNCIAS. Como uma boa designer, essa foi a minha parte favorita! Criei até um moodboard para apresentar para os fornecedores e foi sensacional. O Instagram é uma ferramenta incrível para isso, e o Pinterest nem se fala né? Então separe todos os seus sonhos e os do seu noivo e realmente, montem uma apresentação. Fica muito mais fácil falar o que você quer tendo em mãos alguma referência.

Agora é a HORA DO VESTIDO! Amo! Sonho de princesa, ativar! Eu amei o meu vestido, na minha opinião é o vestido mais lindo que eu já vi na vida, aquelas! kkkkk! Mas estava lindo, foi do jeito que eu sempre sonhei, e era exatamente a minha cara. Não me imagino casando com outro vestido que não fosse o que eu casei. E sim, é legal começas a ver com um ano de antecedência. Pelo menos as primeiras referências e provas.

PADRINHOS, quem chamar? Na minha opinião, aqueles que você ama. Aqueles que compartilharam momentos da história de vocês, que fizeram parte realmente. Amigos de coração mesmo.

Tendo isso como base, vamos para segunda parte.

Escolha seus FORNECEDORES. Com muitas e muitas pesquisas e indicações você chega lá! Já dizia minha mãe, quem tem boca vai à Roma e vai mesmo. Quando minhas fotos chegarem, eu vou indicar alguns fornecedores que eu amei de coração e que foram incríveis e fizeram a minha festa acontecer.

E já adiantando para vocês noivinhas, são muitos fornecedores para que uma festa aconteça ok? Eu não imaginava a quantidade de pessoas envolvidas por trás de um casamento. O próximo post será sobre isso, fiquem ligadas!

Se você tiver qualquer dúvida, me manda um e-mail, ou comenta aqui em baixo! Vou adorar responder! 🙂 E me desculpem pela ausência de fotos… Mas nesse caso noivinhas, garanto que o conteúdo é bem mais importante!

Um beijo,

Yas



Deixe seu comentário :)