TRADIÇÕES DE CASAMENTOS

Hoje faltam exatos 33 dias para o casamento e eu estou como? Super ansiosa! Hahahaha! E decidi compartilhar aqui algumas das tradições mais famosas de casamentos, que eu, como uma boa noiva farei todas, porque eu adoro tradições! O post está sem imagens, porque eu quero atualizar após o casamento com as minhas fotos! ♥

Madrinhas e padrinhos

Acho que pensar nas madrinhas e padrinhos do casamento é algo que vem logo depois do tão esperado Sim, né? Pelo menos pra nós foi assim. ♥ Acho muito legal ter pessoas que a gente ama conosco em um dia tão especial como o casamento.

Existem várias histórias com significados diferentes da tradição de escolha das madrinhas e padrinhos. Uma das versões nasceu na Roma Antiga, onde casais os casais subiam ao altar ao lado de outros da mesma idade, vestidos com trajes semelhantes com objetivo de evitar que espíritos do mal reconhecessem os noivos e amaldiçoassem a união.

Já na Idade média surgiu a tradição da noiva ficar ao lado esquerdo da cerimônia para evitar que alguém a roubasse. A espada ficava ao lado direito do noivo, e a ideia era que ele tivesse esse lado livre para empunhar a espada, caso fosse necessário. Com o tempo, para que o noivo não ficasse tenso durante a cerimônia, surgiu a figura do padrinho, que nada mais era do que um guerreiro de confiança que iria defender o casal se necessário. Nesse cenário, a madrinha era a dama de honra da noiva, que ficava ao seu lado para ajudar com detalhes como o vestido, o cabelo e a maquiagem.

No Brasil a tradição veio da Igreja Católica com o Concílio de Trento. Nesse período, o Clero se reuniu para emitir diversos decretos dogmáticos sobre a fé e a disciplina da Igreja. E, entre outras coisas, foi criado o sacramento do matrimônio. A partir desse momento passou a ser necessário designar testemunhas para a cerimônia: os padrinhos.

Hoje os padrinhos e madrinhas são pessoas escolhidas para confiar segredos, desabafar e contar em qualquer momento. E não existem regras! Por exemplo: se você quer convidar um amigo como padrinho, mas não a namorada dele como madrinha, pode! Fundamental mesmo é que esse grupo de pessoas faça sentido para quem é mais importante na festa: os noivos.

Chuva de arroz

Tradição que nasceu na China e ganhou os casamentos do mundo todo, simboliza prosperidade, saúde e felicidade. Lindo demais, porém é legal se preocupar em limpar do chão após a cerimônia, pois os passarinhos podem comer e acabar se engasgando. É sério!

No pinterest existem várias opções para substituir o arroz, como o próprio alpiste, que é a comida dos passarinhos, folhas, pétalas de flores e por aí vai!

Something old, something new, something borrowed, something blue (Algo velho, algo novo, algo emprestado, algo azul)

O ditado é britânico, mas a tradição ganhou muita força nos Estados Unidos e algumas adeptas no Brasil. No dia do casamento, a noiva deve usar algo velho (significa a continuidade com a família da noiva e a ligação com o passado), algo novo (representa o futuro com sorte e esperança para a nova vida de casado), algo emprestado (simboliza a amizade e que pessoas queridas estarão sempre por perto) e algo azul (a cor, que representa a fidelidade na Roma Antiga, traz a ideia de pureza).

Essa é uma das minhas favoritas e eu nem fazia ideia até uma professora da faculdade me contar! O meu objeto “velho” será uma correntinha que minha bisavó deu de presente pra minha mãe e ela me deu. O restante eu não faço nem ideia do que será. Mas procurei por alguns exemplos:

Something old – Pode ser um véu, um terço ou uma joia de família.

Something new – Um milhão de possibilidades desde uma simples grinalda até o vestido de primeiro aluguel.

Something borrowed – Alguma joia, acessório de cabelo…

Something blue – Sapatos, fitas, laços, lingeries, cor do esmalte (apesar de não ser tão comum), maquiagem… O detalhe só precisa ter a cor e pronto!

Nome das amigas na barra do vestido

Antigamente, na Turquia, era muito comum escrever o nome das solteiras no solado do sapato da noiva. Após a festa, o nome que ainda estivesse legível seria o da próxima a se casar. Com o tempo, os nomes passaram a ser escritos na barra dos vestidos da noiva, e continua assim até hoje.

Muitas noivas com dó de estragarem seus vestidos, optaram por diversas formas diferentes de colocar os nomes das amigas. O pinterest está recheado de opções.

Bem casado

Segundo a tradição, para garantir uma união feliz, deve-se oferecer um bem-casado a cada convidado. O Bem-Casado representa duas partes (massas de pão-de-ló) que se unem e são seladas pela cumplicidade e respeito mútuo (recheio de baba de moça).

O Bem-Casado foi o doce mais difícil de escolher para o casamento, provei vários até chegar no mais delicioso, que não vem com o recheio tradicional e sim de doce de leite, o meu preferido! ♥

Cortar o bolo de casamento juntos

Quando os noivos cortam o bolo de casamentos juntos, eles fazem um acordo de uma vida única prestes a ser compartilhada com a sociedade. Para garantir a fertilidade, a noiva deve comer o primeiro pedaço. Adorei! Hahahahaha!

Espero que tenham gostado! E voltem nesse post em abril para conferir as fotos!

Um beijo,

Yas



Deixe seu comentário :)