+Mu versão maromba

A +Mu foi a primeira marca parceira do Blog, e o meu carinho por ela é grande! Conheci eles pelo Instagram, com uma embalagem que de primeira me atraiu. Clica aqui para ver o primeiro post.

A versão queridinha que nós já conhecíamos, com 18g de proteína, ainda existe! E é ideal para fazer receitinhas fit e para lanches intermediários ou para quem pratica algum esporte que não requer uma quantidade maior de proteína.

Esses dias recebi a versão maromba dessa delicinha: Muke! Uma porção de 27g oferece 22g de proteína isolada e hidrolisada, 3g de carbo e adoçado naturalmente com xylitol e stevia! Ou seja, mara não é mesmo?

Agora eles oferecem várias opções de combos, para todos os gostos e necessidades! E tem também a bolsinha térmica que é item de desejo de tão linda!

Mas Yas, o que é proteína isolada e hidrolisada? É o que temos de melhor meus queridos e queridas, afinal a +Mu é mara e só poderia nos oferecer o melhor não é mesmo? A proteína isolada tem um grau maior de pureza, obtendo mais de 90% das proteínas e sendo removida a lactose e as gorduras. Já a hidrolisada tem esse nome devido ao seu processo, a hidrólise, que consiste em quebrar as proteínas em tamanhos menores, facilitando a digestão e fazendo com que sejam absorvidas mais rapidamente. Show de bola!

Pra comprar e conhecer mais a marca (clica aqui).

Depois desse post deu até vontade de ir correr ou malhar não é?

Um beijo!

CWBurguer Fest 2017

Finalmente o tão esperado festival de burgões chegou! Começa hoje, dia 31 de março e vai até dia 16 de abril. O valor único do hambúrguer + acompanhamento é R$ 27,50! E como sempre eu vou eleger os meus preferidos da temporada.

1 – O Barba Hamburgueria

Aí simmmm! Sempre quis provar o famoso dadinho de tapioca, e o Barba providenciou isso! Oxenti: Pão de aipim, hambúrguer de carne seca, baião de dois, queijo provolone, crispy de mandioca artesanal e maionese picante. Acompanha Dadinho de tapioca com queijo coalho, melacinho e mini banoffi.

Ah! Tinha esquecido que o menu do O barba sempre acompanha sobremesa… Sabem ganhar nosso coração né? <3 Isso explica porque a casa está sempre cheia! Cheguem cedo.

Fica na Av. Vicente Machado, 642 – Batel.

2 – Cores da Frida

Apenas leiam e sonhem. Kangoo Burguer: Hambúrguer temperado, cogumelo shitake, queijo muçarela, crispy de cebola e maionese da casa, no pão australiano (fabricação própria). Acompanha batatas assadas com ervas e queijo parmesão.

Ansiosa! Quero pra ontem! E eles estão servindo uma opção vegan também, o que é super legal! 🙂

Fica na Av. Comendador Franco, 2777 – Jd. das Américas.

3 – Estofaria Bar

Tem uma única opção, que é mara! Pulled Rib Burguer: Hambúrguer bovino de 150g, servido com maionese, pickles, crosta de parmesão e costelinha suína desfiada com molho barbecue caseiro. Acompanha batatinhas na manteiga de alho.

Fica na R. Itupava, 1465 – Hugo Lange.

4 – New York Cafe

Diferentão e bem elaborado. NYC Pastrami Burguer: 160g de angus beef, fatias de pastrami artesanal de angus, curado, defumado e cozido lentamente em sous vide, smoked mustard sauce, picles e queijo muçarela, servido em honey bun artesanal (pão de hambúrguer artesanal feito com mel). Acompanha waffle fries (batatas em formato de waffle) temperadas com NY spices.

Fica na Rua XV de Novembro, 2916 – Alto da XV.

5 – Hard Rock Cafe

Outro diferentão que parece ser mara. Jagger Burguer: Hambúrguer composto por tiras de mignon, alface romana, tomate, molho beercheese e cebola. Acompanha chips de batata doce.

Fica na R. Buenos Aires, 50 – Batel.

Apostas feitas, agora me resta esquecer de qualquer dieta que eu gostaria de começar e provar todas essas delicias! Amigos, quem topa? 😀

Para conferir todos os participantes (clica aqui).

Um beijo!

#EUROTRIP – MADRID

O ano começou de verdade pra mim depois que eu cheguei de viagem, e foi uma correria que só! Mas finalmente organizei as fotos e vou escrever tudinho aqui pra vocês! 🙂

Nossa #Eurotrip começou em Madrid! Quando cheguei, a minha primeira impressão foi: UAU! Os prédios são muito lindos, ricos em detalhes e a arquitetura em geral foi o que mais me chamou atenção. Arte de rua e grafite também rola muito pelas paredes de lá.

Nossa primeira parada foi no Botin, o restaurante mais antigo no mundo segundo o Guiness Book. Isso mesmo! É de 1725! Pensem como é massa estar em um lugar tão velho, foi super legal a experiência! Super bem decorado, com detalhes em cada cantinho. Vale muito a pena conhecer! Lembrem de fazer reserva, porque é bem cheio! Na minha opinião, foi o que fizemos de mais legal em Madrid. Os garçons muito legais, atendimento ótimo. Ah, o cardápio conta toda história do restaurante, é uma graça e eles dão de lembrança. <3

Pedimos o Menú de la casa. Custou 45,40 € o que deu mais ou menos R$ 150,00 como comemos em dois, valeu super! De entrada era a Sopa de ajo con huevo (alho e ovo) deliciosa, acompanhava um pãozinho muito mara. O prato principal é o carro chefe do restaurante, o Cochinillo asado (que é um leitão neném assado com batatas) sim, deu dó, mas é muito bom mesmo! O que deixou a desejar foi a apresentação que não era lá muito fotogênica, masssss… Por fim, de sobremesa, veio um Helado, um sorvete que não conseguimos identificar do que era com uma calda de chocolate sensacional! O menú acompanhava vinho ou cerveja e água mineral.

El Botin fica na Calle Cuchilleros, 17, 28005 Madrid.

No dia seguinte fomos visitar alguns pontos turísticos. Começamos pelo Palácio Real, que é uma das residências oficiais do Rei. É considerado o maior Palácio da Europa em área construída. Fica em frente da Plaza de Oriente

Fica na Calle de Bailén, s/n, 28071 Madrid.

Passamos pela Plaza Mayor, que é bem bonita e tem pontos de informações para turistas, o que é bem bacana né? Fico mais confortável quando avisto um desses. E aproveitei a pausa pra tomar uma coquinha e recarregar as energias! Reparem na cara de satisfação. Hahahaha!!

Seguimos para o Mercado de San Miguel que é super legal! Várias comidinhas locais deliciosas e muita gente, sério, bem lotado mesmo! Comemos de pé um sanduíche de jamón e uns salaminhos e tomamos um vinhote para esquentar! O que eu mais gosto de visitar em viagens são os mercados. Porque se a intenção é conhecer a cultura do povo, é neles que você encontra.

Fica na Plaza de San Miguel, s/n, 28005 Madrid.

Em seguida fomos para o Parque El Retiro que é super lindo, no verão deve bombar demais! Vale a pena deixar algumas horas do dia pra sentar lá e curtir, fazer um piquenique e tal. Encontrei um golden lindo e aproveitei pra amassar ele. 🙂

Foram só dois dias em Madrid e seguimos para Barcelona, que vou mostrar pra vocês no próximo post! Acompanhem! <3

Um beijo!

Nutrição – Por que eu decidi parar?

Quando eu terminei o meu curso de Chef de cozinha, minha ideia era abrir um restaurante. Mas para tal realização, era necessário buscar por mais conhecimentos, então decidi buscar por um outro curso. Gastronomia não era o ideal, até porque a grade comparada a do meu curso de Chef era praticamente a mesma. E foi aí que eu pensei em Nutrição. Estava super na moda o estilo de vida saudável, Pugliesi na veia e tudo mais, então resolvi começar com o seguinte pensamento: “Vou ser uma Chef-Nutricionista, com um restaurante saudável e blá blá blá… Nessa facul vou estudar sobre os alimentos e seus benefícios, vou cozinhar e ser feliz com isso!”

Porém, eu na inocência, me empolguei total! Realmente pensei que no curso de Nutri eu iria só ver sobre alimentos, vitaminas, receitas e essas coisas… Não vi a grade do curso, não pesquisei afundo e me surpreendi negativamente. O balde de água fria já rolou no primeiro dia, em uma aula de bioquímica (eu sempre detestei química)… E não foi apenas uma aula e sim TRÊS seguidas, em uma segunda-feira. Mas vamos lá né?! Tentei ver o melhor lado do curso que era a disciplina de dietética, onde íamos pra cozinha e fazíamos vários preparos, conhecendo melhor as propriedades de cada alimento. A profe Vivi era um amor e fez com que o meu primeiro ano de Nutri fosse aceitável graças às aulas dela. Biodisponibilidade de alimentos era uma disciplina que eu curtia também. Mas tirando essas duas, eu detestava todas as outras… Anatomia humana (sim, com cadáver e cheiro forte de formol), biomorfologia (estudo das células – que saco), duas bioquímicas e algumas outras que eu nem lembro mais.

Chegou o segundo ano. Eu já estava bem desanimada, mas não queria decepcionar a minha família, então continuei e me ferrei! Só matérias que não tinham NADA  a ver com o meu objetivo alí… Fisiopatologia (doenças e suas causas), avaliação nutricional (atendimento ao paciente), nutrição no ciclo vital, epidemiologia, estatística (matemática, isso mesmo).  Ou seja, desanimei TOTAL! Estava indo pra faculdade super desmotivada, todo e qualquer motivo era ideal pra faltar a aula e isso foi me deixando muito triste, principalmente pelo fato da minha família estar pagando por algo que eu estava me deixando tão desmotivada.

As aulas finalmente acabaram e eu parei para refletir. De nada vale a nossa vida se a gente vive infeliz com o que se faz. Eu não queria passar mais dois anos pagando a faculdade (que não é barata), sendo que eu não gostava e não me via atuando nisso no futuro. Para os meus ideais, esse curso não valia mais. Seria apenas um diploma na mão, e tempo perdido. Então tomei a decisão de falar com a minha família, passei dias e dias pensando em como eu chegaria a esse assunto com eles… Fiquei muito agoniada até que resolvi desembuchar. Não foi legal e nem fácil, mas eles me entenderam finalmente. <3

Esse ano vou trancar Nutri. Foi sim, falta de responsabilidade me jogar de cabeça em um curso que eu simplesmente achei que fosse ser legal, que fosse ser útil. Então aqui ficam os meus conselhos do fundo do coração: PESQUISE MUITO SOBRE O CURSO DESEJADO, não vá simplesmente achando que tem a ver com você e que vai ser massa. Veja as grades, reveja as grades e veja o que é abordado em cada uma das disciplinas. Procure pelos estágios que você terá que fazer no último ano. Pesquise os ramos que você poderá seguir quando se formar. E se tudo isso se encaixar com o seu perfil, vá. Mas se você ver e notar que alguma coisa não te atrai, pare e pense, pense uma, duas e três vezes. Para não se arrepender depois. A vida é uma só e cada ano é único. Não podemos desperdiçar vida com achismos, e sim usar os nossos dias em prol daquilo que gostamos e com o que nos faz felizes.

Que desabafo! Espero que ajude quem está em um momento como o meu, ou quem está para entrar na faculdade. E NÃO, EU NÃO QUERO TE DESMOTIVAR! Pra quem gosta de Nutrição, de mexer com pessoas, de química, de estudar o corpo humano, esse é sim o curso pra você! Eu estudei na Universidade Positivo e a infra-estrutura é maravilhosa, alguns professores ganharam meu coração e o croissant do bloco azul é incrível! Hahahaha!

Enfim, é isso aí pessoal! Corram atrás dos seus sonhos e principalmente da felicidade. Como eu já disse, a vida é uma só!

Um beijo!

IRIS

Esses dias eu estava super entediada procurando algo para assistir no Netflix, até que me deparei com o documentário biográfico de Iris Apfel. Sempre tive preconceito com documentários mas resolvi assistir esse, já que a velhinha da capa me chamou atenção. Já tinha visto a Iris em revistas e internet, e sempre achei ela super estilosa e fofinha, então pensei que de alguma forma valeria a pena ver. E super valeu!

O documentário conta a história da vida de Iris Apfel, designer nova-iorquina e ícone da moda aos seus noventa e poucos anos. E fiquei encantada com tudo o que ela vê por trás daquele óculos redondo gigante. Ela nunca se considerou uma mulher bonita, e isso a tornou ainda mais interessante. “Quando não se é bonito você é instigado a fazer algo diferente para se destacar”, diz.

Ela já foi tema de várias exposições incríveis, fechou parceria com a M.A.C. lançando sua própria linha de maquiagem, lançou uma linha de óculos em parceria com a marca Eyebobs e foi capa da Dazed & Confused. Recebe mais de 50 ligações por dia e mantém sua vida agitada, pechinchando e fazendo compras. “Quando sua mente está ocupada, você não sente tanta dor. Graças a Deus eu amo fazer coisas. Eu me sinto abençoada por ter todas essas oportunidades nessa fase da vida”, diz.

Me senti muito inspirada depois de assistir, e se você ainda não assistiu, corre pro Netflix!

Um beijo.

« Posts antigos

© 2017 Nem Só De Doce

Tema por Anders NorenSubir ↑